Muitas figuras públicas no último dia do Rock in Rio Lisboa

0

Terminou na madrugada desta segunda-feira a edição de 2016 do Rock in Rio Lisboa com 47 mil pessoas a dizerem adeus ao festival ao som do DJ Avicii. Ao longo dos cinco dias, passaram pelo Parque da Bela Vista muito perto de 330 mil pessoas.

Neste último dia o Starsonline encontrou pelo recinto muitas caras conhecidas dos vários quadrantes da nossa sociedade como os actores Lourenço Ortigão, Jorge Corrula, Paula Lobo Antunes ou Mikaela Lupu, as apresentadoras Carolina Patrocínio, Claudia Borges, Alberta Marques Fernandes ou Pedro Mourinho, os futebolistas Simão Sabrosa ou Bernardo Silva, os humoristas Nílton e Rui Unas, os políticos Assunção Cristas ou José Sá Fernandes ou os músicos Luis Represas, Anabela ou Tony Carreira, entre tantos outros.

Uns para ver Avicii subir ao seu púlpito pouco antes da 23h, qual maestro a dirigir a multidão frenética aglomerada à sua frente com poderosos feixes de luz, fumos, chamas e fogo-de-artifício a estalar no céu que compuseram o cenário de uma hora e meia de espetáculo, encerrando em festa a 7.ª edição do Rock in Rio.

Outros para ver o músico norte-americano Charlie Puth abrir as “hostilidades” no Palco Mundo, com um espetáculo que levou as fãs mais devotas às lágrimas. Com apenas 24 anos e um disco, “Nine Track Mind” (2015), Charlie Puth sabe bem como deixar o seu público, na maioria adolescentes e do sexo feminino, caidinho por ele.

Recrutada à última da hora para substituir Ariana Grande, que cancelou por motivos de doença, esteve a brasileira Ivete Sangalo que acabou por dar o seu segundo concerto no Rock in Rio em menos de 24 horas. E se acharam que foi apenas para cumprir calendário, enganem-se: Ivete pôs toda a gente doida a dançar e a abanar as ancas de princípio ao fim.

©starsonline®

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA