Paco Bandeira nega acusação em tribunal

0

O cantor português Paco Bandeira negou hoje em Tribunal todas as acusações de violência doméstica que lhe são feitas pela ex-mulher Maria Roseta Ferreira, afirmando que todo o processo é uma «encenação», cujo o interesse é «dinheiro».

De acordo com a agência Lusa, Francisco Veredas Bandeira, nome do conhecido cantor Paco Bandeira, foi ouvido no Tribunal de Oeiras, onde disse ser «taxativamente mentira» as acusações do Ministério Público de ter praticado violência à ex-mulher e maus tratos à filha menor do casal entre 1997 e 2009.

No processo consta que Paço Bandeira terá apontado uma arma à cabeça da sua ex-mulher e lhe terá batido na cabeça, ameaçado várias vezes e ofendido verbalmente. Dos episódios descritos, Paco Bandeira disse ser «tudo mentira» e uma «encenação por interesse no dinheiro».

Paco Bandeira assumiu, contudo, que houve períodos na relação de 12 anos com Maria Roseta que foram «difíceis», mas que as ofensas que existiram foram sempre contra si.

«Se houve insultos e insinuações foi do lado contrário. O comportamento da minha ex-companheira alterou-se porque ela queria alterar a minha vida por completo», afirmou.

As discussões do casal começaram a ser feitas por bilhetes escritos, no qual Paco Bandeira assumiu ter escrito alguns e afirmou que outros são falsos.

Sobre a filha Constança, de 13 anos, Paco Bandeira disse que «nunca lhe faltou nada» e que a relação dos dois é «óptima».

«Duvido que haja relação de pai e filha melhor do que a que eu tinha com a minha filha. Temos uma relação óptima e é isso que me deixa tranquilo porque se não fosse ela não aguentava este ataque nojento que me está a ser feito», defendeu.

No final da sessão de julgamento, a ex-mulher do cantor Maria Roseta Ferreira disse acreditar que será feita justiça e rejeitou ainda as acusações de ter interesse no dinheiro de Paco Bandeira.

«Na vida há dois tipos de pessoas: a com carácter e a sem carácter. Nenhuma pessoa podia suportar aquilo que eu suportei de ânimo leve e eu estou a fazer aquilo que no passado ninguém teve coragem de fazer», afirmou.

À saída da sessão, Paco Bandeira recusou prestar declarações aos jornalistas. «Não vou falar porque o que vocês fazem é lixo. Dediquem-se mas é a coisas como deve ser», disse o arguido.

© pt-starsonline

Veja a Galeria de Imagens

(clique numa imagem para ampliar)

{gallery}Noticias/paco{/gallery}

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here