Filme sobre a vida do poeta Al Berto leva famosos ao cinema

0

“Al Berto” é uma biografia ficcionada de uma das fases da vida do poeta na década de 1970, depois da “Revolução dos Cravos”, quando regressa a Sines após o exílio em Bruxelas.

“Foi um momento em que a vida do Al Berto mudou. (…) Eu mostro como é que ele vai da esperança da sua geração para a desilusão, e no fim do filme ele entra no lado lunar que as pessoas conhecem. Ele tornou-se isto, mas eu vou mostrar o que é que aconteceu antes”, explicou Vicente Alves do Ó.

Vicente Alves do Ó tem 45 anos, nasceu em Sines e conheceu bem o autor de “Horto de Incêndio”. Como realizador, levou ao grande ecrã a vida da poetisa Florbela Espanca, em “Florbela” (2012), e como encenador recriou a história do cantor António Variações, na peça de teatro “Variações, de António” (2016).

Para o realizador, o filme olha para o passado, mas faz a ponte com o presente: “Continuamos a ser uma sociedade onde existe muita hipocrisia. Estamos mais politicamente corretos, mas não quer dizer que atrás disso tudo não continue a haver muito preconceito e racismo e julgamento social”.

Há ainda um aspeto “emocionalmente intenso” para o realizador, uma vez que é retratada a relação do irmão, João Maria do Ó, com Al Berto.

Quanto ao elenco do filme, é quase integralmente composto por atores jovens e pouco conhecidos. Destaca-se Ricardo Teixeira, de 25 anos, que faz de Al Berto. Foi escolhido por Vicente Alves do Ó por ter semelhanças físicas com o poeta, incluindo na voz.

Do elenco fazem ainda parte, por exemplo, José Pimentão, Raquel Rocha Vieira, Joana Almeida, Ana Vilela da Costa e Gabriela Barros.

©starsonline®

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta