Celebridades com doenças crónicas

0

Claro que muitas celebridades parecem levar vidas perfeitas, mas por baixo das roupas caras e da maquilhagem, muitas delas sofrem com os mesmos problemas que o comum dos mortais sofre. E assim, como muitas coisas na vida, a doença não discrimina os famosos.
Veja algumas destas celebridades que sofrem de doenças crónicas…

Tom Hanks – Diabetes
Algumas pessoas especulam que o drástico ganho e perda de peso para diferentes papéis ao longo dos anos, originaram os seus diabetes de Tipo 2. O ator engordou 14 quilos para fazer o papel do treinador de basebol Jimmy Dugan no “Liga de Mulheres” de 1992. E para se preparar para o seu papel no “Náufrago”, sobre um homem preso numa ilha deserta, Hanks foi de 102 quilos 77 quilos. Em 2013, Hanks disse a David Letterman que perder peso não é provavelmente uma solução viável para os diabetes, que é uma doença metabólica que leva a um elevado número de açúcar no sangue, porque o pâncreas não consegue produzir insulina suficiente.

George Clooney – Dor Crónica
O ator que é famoso por seu ativismo anti-genocidio, sofreu uma lesão nas costas durante as filmagens do filme Syriana (2005). Bateu a cabeça no chão durante uma cena violenta e isto provocou alguns problemas na coluna (no fluido espinhal). Passou por cirurgias corretivas, mas apesar de reforçar a sua espinha com parafusos a lesão nunca sarou completamente. A sequela ficou, e a dor impede-o de fazer determinadas cenas de ação. No final das contas, ele diz que está tudo bem, que já se familiarizou com a situação e com as dores.

Kim Kardashian – Psoríase
Num episódio de “Keeping Up with the Kardashians,” a estrela do programa de reality visitou o seu dermatologista, que imediatamente a diagnosticou com psoríase, uma doença auto-imune. A doença causa lesões vermelhas cobertas com escamas brancas-prateadas que aparecem nos joelhos, cotovelos, couro cabeludo e fundo das costas. O diagnóstico foi traumático para a estrela, já que o seu grande sucesso depende largamente da sua beleza exótica. “A minha carreira é fazer campanhas e sessões de fotografia em fatos de banho” disse ela no episódio. “As pessoas não entendem a pressão que existe sobre mim para parecer perfeita. Quando ganho um quilo, é manchete nos jornais. Imagine o que os tabloides me fariam se vissem estes pontos todos.” Embora a doença não tenha cura, Kardashian e outros com psoríase encontram alívio com loções e cremes prescritos. Apesar de se pensar que a psoríase é hereditária, Kardashian já disse que a mãe tem a mesma doença.

Jim Carrey – Depressão
Ele é amado pelas suas atuações em filmes como “Ace Ventura” e o “Truman Show.” Mas embora Carrey tenha um grande jeito para a comédia, o ator também sabe tudo acerca dos desafios da doença mental. Numa entrevista ao “60 Minutes”, Carrey mostrou uma visão rara da sua experiência com a depressão. “Estive sob medicação durante muito tempo. Pode ter ajudado a sair do buraco durante algum tempo, mas pessoas ficam lá para sempre. Tive que sair a certa altura porque percebi isso, entende, está tudo bem.”

Michael Douglas – Cancro na garganta
Em 2010 Douglas fez seis meses de tratamento para o cancro após os médicos encontrarem um tumor maligno na garganta. “Estava em estágio 4 e não existe estágio 5” Disse Douglas numa entrevista ao New York Magazine. “Após queixar-me durante nove meses e eles não encontrarem nada, disseram-me que estava em estágio quatro?! Foi um grande dia”. Embora Douglas tenha concluído o tratamento com sucesso, ele diz que existe sempre a possibilidade de o cancro voltar. Douglas chocou o mundo, mais tarde, ao dizer que o seu cancro na garganta foi causado pelo vírus do papiloma humano.

Michael J. Fox – Doença de Parkinson
Em 1998 revelou que sofria da Doença de Parkinson, mal que lhe havia sido diagnosticado em 1991. Desde então, Fox tem se comprometido a angariar fundos para a pesquisa médica e sensibilização para esta doença neuro-degenerativa do movimento, que causa tremores, rigidez, lentidão de movimentos e dificuldades a andar. O ator, melhor conhecido pelo seu papel na comédia dos anos 80, “Laços de Família” e sucessos de bilheteira como “Regresso ao Futuro” e “Doc Hollywood,” fundou a Fundação Michael J. Fox para Pesquisa do Parkinson em 2000.

Ben Stiller – Cancro da Próstata
O ator Ben Stiller, 50, conhecido por comédias de sucesso como “Zoolander” e “Trovão Tropical”, foi diagnosticado com um tipo agressivo de cancro da próstata há dois anos, segundo contou no programa de rádio americano “The Howard Stern Show”.
Usou o relato pessoal para incentivar outros homens a fazerem exames preventivos, já que a detecção precoce da doença pode ajudar no tratamento.
“Se eu não tivesse feito o teste, que o meu médico começou a me recomendar quando tinha 46 anos, eu realmente não sei…”, disse. “Eu queria falar sobre esse assunto por causa do exame, porque eu sinto que ele salvou minha vida.”
Stiller não foi afetado por sintomas da doença, nem tem histórico de cancro na família. O seu médico suspeitou do diagnóstico através da verificação de uma enzima denominada antígeno prostático específico (PSA), em um exame de sangue que fez como parte de um check-up anual.

Jennifer Grey – Dor nas costas
Jennifer sofreu dor crônica por anos, após uma lesão no pescoço num acidente de carro em 1987. Gerenciando a dor, dedicou-se, não à sua carreira, mas em se tornar uma esposa e mãe, casando com o ator Clark Gregg. Tempos depois fez uma cirurgia para colocar uma placa no pescoço e aliviar a dor. Isso levou os médicos a uma outra descoberta, de que ela tinha tumores cancerígenos na sua tiróide. O cancro não se espalhou e a sua tiróide foi removida.

Sinead O’Connor – Fibromialgia
A roqueira irlandesa afastou-se dos holofotes em 2003, e o grande motivo foi porque ela sofria de fibromialgia (considerada uma síndrome porque engloba uma série de manifestações clínicas como dor, fadiga, indisposição, distúrbios do sono). Dois anos depois, estava de volta dizendo: “A fibromialgia não tem cura mas é suportável. Você começa a conhecer os seus padrões e limites, para que possa trabalhar e planeara sua vida à volta dela”. O’Connor sofre também de transtorno bipolar.

Pink – Asma
Depois de ver as suas acrobacias que desafiaram a gravidade durante os Grammys, é difícil de acreditar que esta moderna estrela pop sofre de asma. Mas Pink lutou contra os problemas respiratórios graves desde os 2 anos de idade, e nasceu com um colapso pulmonar. Pink foi hospitalizada em 2006 por causa de ataques severos de asma. Para conseguir ser uma cantora, aprendeu a entoar as suas canções desde o abdómen em vez dos pulmões. Asma é uma doença inflamatória crónica das vias aéreas. Quando as vias aéreas inflamadas são expostas a vários estímulos ou fatores desencadeantes tornam-se hiperreativas e obstruídas, limitando o fluxo de ar através de broncoconstrição, produção de muco e aumento da inflamação, o que leva a pieira, falta de ar, desconforto no peito e tosse.

Gregg Allman – Hepatite C
Gregg Allman foi diagnosticado com Hepatite C em 1999. Ele acha que contraiu a doença quando fez uma tatuagem aos 20 anos. O cantor rock foi diagnosticado após viver vários anos com fadiga crónica, que é um dos muito subtis sintomas de Hepatite C, uma doença “silenciosa” que lentamente destrói o fígado e pode eventualmente levar a cirrose, ou a uma cicatriz hepática. Allman foi sujeito a um transplante de fígado em 2010, após o tratamento à base de medicação não conseguir parar o progresso da doença. Recuperou bem e desde então tornou-se um porta voz do Tune into Hep C, uma organização que sensibiliza em relação à Hepatite C crónica.

SEM COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta